Colégio Objetivo Nova Odessa lança a campanha Setembro Amarelo

Colégio Objetivo Nova Odessa lança a campanha Setembro Amarelo

  • Colégio Objetivo Nova Odessa
  • 17.SETEMBRO.2021
  • Novidades


Setembro Amarelo é uma campanha criada com o intuito de informar as pessoas sobre o suicídio. Mesmo com tantos casos, ainda existe uma considerável barreira para falar sobre o problema. 

Setembro é o mês que realiza a campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, sendo no dia 10 desse mês o “Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio”.  Essa campanha, foi criada no Brasil em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP); é uma campanha de extrema importância, uma vez que o suicídio é um problema grave e pode ser muitas vezes evitado.

O suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens com 15 a 29 anos, morrem no mundo 700 a 800 mil pessoas por suicídio. 79% dessas mortes ocorrem em países de baixa e média renda.

As causas de suicídio são variadas, e segundo o CVV, especialistas identificam transtornos mentais, dentre os principais estão depressão na forma simples, a depressão na forma bipolar, a dependência química e a esquizofrenia. Entretanto, não podemos afirmar que todas as pessoas que cometeram suicídio, sofrem dessas doenças.

Para a Orientadora Educacional do colégio, Andreza Della Gracia, o mais importante é ser acolhedor. É ouvir com atenção as angústias que existem dentro do aluno/filho – criança ou adolescente. É preciso mostrar-lhes que há caminhos para resolver qualquer problema – seja modificando o meio ou a si mesmo. Ensinar-lhes a olhar para a vida como um grande presente. O ato de parar e ouvir atentamente suas demandas é o primeiro passo para ensinar a valorização à vida!

Muitas vezes acontece de maneira impulsiva diante de situações impactantes e inesperadas da vida. “A pessoa numa crise suicida é altamente ambivalente e, em geral, não quer exatamente morrer, mas por fim a um sofrimento insuportável”, diz o psiquiatra José Manoel Bertolete.

Para contribuir na prevenção do suicídio, devemos ser capazes de perceber os sinais de alerta; se perceber que uma pessoa está desinteressada em algo que gostava, não tem mais a mesma produtividade na escola ou no trabalho, está se isolando de amigos ou parentes, apresenta frases relacionadas a morte, isso pode ser um sinal, e para ajudar é preciso conversar com a pessoa e incentiva-la a procurar um especialista.

Quando compreendemos que o suicido é uma realidade e que pode afetar qualquer pessoa a nossa volta, fica mais claro que precisamos conversar a respeito. Os suicídios podem ser evitados desde que tenhamos conhecimento sobre seus sintomas, suas causas e formas de evita-lo.

Convidamos a todos os alunos para virem trajados com uma peça de roupa na cor amarela para apoiar esta causa no dia 24 de setembro, sexta-feira. Neste dia, finalizaremos a semana de reflexões com a Orientadora Educacional do colégio sobre este importante tema.

Fonte: CNN e Brasil Escola

Outras notícias :